quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeGoiásCabo de energia se rompe e mata dez cabeças de gado

Cabo de energia se rompe e mata dez cabeças de gado

O produtor diz que além da falta de manutenção, a vizinhança toda sofre com quedas constantes de energia e reclama da demora para que o serviço seja restabelecido.

Um cabo de energia se rompeu e causou a morte de dez bois em uma fazenda localizada na região das Contendas, às margens do Rio Uru, na cidade de Goiás. O produtor rural Paulo Roberto Alves de Araújo diz que essa não é a primeira vez que isso acontece e causa prejuízos. “Um morreu, ficou energizado e acho que os outros foram chegando, chegando e morreram também”, disse.

A Equatorial, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica no estado, lamentou o ocorrido e disse que enviou equipes até a fazenda para iniciar a recomposição do sistema. A reconstrução da rede, que atende às propriedades rurais, foi finalizada neste domingo (26).

O produtor rural encontrou os animais mortos na manhã de sábado (25), além das cabeças de gado, quatro urubus também morreram quando tentavam se aproximar. Ele acredita que o rompimento do cabo de alta tensão tenha sido causado pelas más condições dos postes de energia.

Paulo Roberto estima que o prejuízo com a morte dos animais seja de R$ 30 mil, mas sua maior preocupação é com as condições da rede elétrica, que pode acabar causando acidentes mais graves com os animais e até pessoas.

“Nós estamos falando de redes que têm 40, 50 anos. Não estamos vendo nenhuma manutenção, da mais básica que seja. Tem postes que estão se partindo ao meio, em tempo de acontecer algo pior”, enfatiza.

Problema há vários anos

Conforme Paulo Roberto, essa não é a primeira vez que ele perde animais por conta de cabos de alta tensão que se rompem. De acordo com ele, há duas semanas uma égua também morreu na mesma rede. Em 2022, um poste de madeira caiu, rompeu novamente um cabo e matou três bois energizados.

“Em 2020 também caiu uma cruzeta dessa de madeira do poste e eu perdi quatro novilhas de leite. O problema é que esse foi perto da sede e quase mata nós todos também”, lembra Paulo.

O produtor diz que além da falta de manutenção, a vizinhança toda sofre com quedas constantes de energia e reclama da demora para que o serviço seja restabelecido.

“Tem vezes que ficamos dias sem energia. É um prejuízo gigante para nós que somos pequenos produtores. E eu tenho protocolos de reclamação que provam que tentamos resolver isso”, disse.

A Equatorial informou que até o sábado (25), não havia nenhum registro ou reclamação do produtor rural no sistema da companhia. Mas que está apurando as ocorrências para adotar medidas pertinentes e orientar o fazendeiro.

FONTE: JORNAL DO VALE

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes