quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeAgressãoCaso Pedro Lucas: polícia acredita que padrasto matou menino que sumiu após...

Caso Pedro Lucas: polícia acredita que padrasto matou menino que sumiu após deixar irmão em escola

Menino está desaparecido há mais de dois meses. Padrasto foi preso como principal suspeito e negou crime.

A polícia acredita que o padrasto de Pedro Lucas Santos, José Domingos Silva dos Santos, o matou. Segundo o delegado responsável pelo caso, Adelson Candeo, foram encontradas inconsistência nos depoimentos dele e sangue foi achado na casa da família. O suspeito foi preso na segunda-feira (8).

Conforme o delegado, o padrasto não soube apresentar uma justificativa para o que fez entre o momento que chegou em casa e o horário em que foi buscar o irmão mais novo de Pedro Lucas na escola. Segundo ele, a polícia também desconfiou da motivação do padrasto de ir buscar a criança.

A Polícia Civil encontrou uma ossada às margens do córrego Abóbora, perto de Rio Verde. Conforme as informações, a Polícia Científica analisa o material para verificar se é de Pedro Lucas.

Conforme o delegado, no momento a polícia não acredita que a mãe de Pedro Lucas tenha participado da morte do menino, mas é possível que ela tivesse conhecimento do fato. “A Polícia Civil não tem elementos contra a mãe. Ela pode ter conhecimento, entretanto, vários policiais perceberam a submissão da mãe [de Pedro Lucas] em relação ao padrasto”, disse o delegado.

Entenda o caso

Pedro Lucas desapareceu no dia 1º de novembro de 2023, mas a família só procurou a polícia para denunciar a situação dias depois. Uma série de buscas foram realizadas para tentar localizá-lo, mas devido à falta de informações e evidências, o caso passou a ser investigado como homicídio em dezembro.

Em entrevistas ao g1, o delegado Adelson Candeo afirmou que a demora da família em denunciar o caso atrapalhou a polícia. Isso porque, muito tempo foi perdido até que se fossem iniciadas as buscas. O padrasto e outros familiares prestaram depoimento mais de uma vez na delegacia.

No dia 18 de dezembro, a Polícia Científica fez perícia com reagentes químicos na casa da família e alguns vestígios foram encontrados. “Podemos observar que há vestígios, não podemos saber se há DNA ou não, ou se é DNA do Pedro Lucas”, explicou Breno Uchoa, perito da Polícia Científica.

Na segunda-feira (8), o pedreiro José Domingos Silva dos Santos, de 22 anos, padrasto de Pedro Lucas foi preso. Cerca de duas semanas após o desaparecimento do menino, José Domingos falou com o g1 e chegou a pedir pistas sobre o enteado, reforçando o sofrimento da família. “Nós estamos meio abalados pela situação, a gente não esperava isso”, lamentou na época.

A mãe do menino, Elisângela Pereira dos Santos, também fez apelos em entrevistas e chorou ao falar sobre o sumiço do filho. Ela contou que sonha diariamente com ele. “Eu sonho com ele todos os dias. Que meu filho vai aparecer no portão e chamar ‘mamãe’. Meu filho não está morto, não. Meu filho está vivo. Eu creio, porque sou mãe e sei””, disse a mãe.

Câmeras de monitoramento registraram Pedro Lucas caminhando pela vizinhança no dia em que desapareceu. O trajeto, segundo a polícia, indica que ele estava indo em direção à casa em que morava.

FONTE:G1

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes