quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeDívidaPolicial penal é preso suspeito de tentar matar ex por dívida de...

Policial penal é preso suspeito de tentar matar ex por dívida de R$ 300 em Rubiataba

Adminsitração Penitenciária informou que servidor está sendo investigado e que também presta assistência à vítima. Mulher foi baleada no ombro e na mão e se recupera dos ferimentos.

A Polícia Civil prendeu um policial penal suspeito de tentar matar uma ex-companheira em Rubiataba, no centro goiano. Segundo as primeiras informações apuradas pela corporação, ele estaria tentando intimidá-la para que ela pagasse uma dívida que tinha com ele de R$ 300. A mulher foi baleada no ombro e não mão e se recupera dos ferimentos.

Sem os dados sobre a unidade de saúde para a qual a vítima foi levada, o g1 não conseguiu descobrir o estado de saúde atualizado dela.

De acordo com o registro do caso, a tentativa de homicídio aconteceu na casa da mulher, em Rubiataba, no domingo (13). No entanto, o suspeito foi preso na tarde do dia seguinte em Aruanã, que fica no noroeste de Goiás.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou, em nota, que o servidor está sendo investigado e foi levado à Unidade Prisional Especial Núcleo de Custódia, onde segue detido. O comunicado detalha que ele pode responder por usar arma pública para praticar crime – leia íntegra da posição ao fim do texto.

A Polícia Civil não divulgou se o preso estava fugindo e o que disse ao ser detido. A reportagem também não conseguiu descobrir quem representa a defesa do policial penal para pedir uma posição sobre o caso.

Tentativa de homicídio

Segundo registro da Polícia Militar, a corporação foi chamada à casa da mulher e ela mesma contou que o policial penal quem havia atirado nela.

O filho dela detalhou que o homem chegou cobrando o pagamento de R$ 300, já nervoso, e o próprio jovem garantiu que o valor seria quitado, mas os dois acabaram lutando até que o policial foi embora.

No entanto, também de acordo com o relato da PM, o filho da mulher contou que o homem voltou algum tempo depois armado e já atirou várias vezes contra ele e a mãe.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e socorreu a mulher, que tinha sido atingida no ombro e na mão.

Os PMs registraram ainda que receberam sete cartuchos (tubinho oco) das balas que teriam sido disparadas no local.

Investigação

Delegado responsável pelo caso, Marcos Adorno informou quevai apurar os detalhes da relação que a vítima e o suspeito tiveram (se namoraram, se moraram juntos, há quanto tempo estavam separados, entre outros).

As investigações também devem detalhar dados acerca da dívida – a que ela se referia e se teve alguma relação com o envolvimento anterior dos dois.

O suspeito ainda deve ser ouvido formalmente. Não foi divulgado se ele tem já algum defensor e nem qual a alegação dele sobre o crime.

Nota DGAP

A propósito de informações solicitadas por este veículo de comunicação, a 7ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária informa o que segue:

– Foram tomadas as providências em relação à ocorrência envolvendo um policial penal, em Rubiataba. O servidor foi recolhido na noite dessa segunda-feira,14/02, está recolhido na Unidade Prisional Especial Núcleo de Custódia.

– Procedimentos administrativos foram abertos. A Corregedoria Setorial da DGAP apura o fato envolvendo o servidor, concursado desde de 2003, utilizar armamento público para praticar o crime.

– O fato ocorreu durante o período de folga do servidor.

– A DGAP colabora com a investigação, repassando as informações que o caso requer, além de prestar assistência à vítima.

FONTE: G1

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes