quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeAcidenteEm depoimento, motorista de ônibus que colidiu com trem no DF diz...

Em depoimento, motorista de ônibus que colidiu com trem no DF diz que foi surpreendido e não teve como sair do local

Passageiro confirma relato. Após acidente, homem foi levado em estado de choque para Hospital de Base, onde segue internado; uma pessoa morreu e pelo menos cinco ficaram feridas.

Após o acidente, o motorista do ônibus foi levado para o Hospital de Base em estado de choque. Até a manhã deste sábado (18), ele continuava internado. Ele não apresentava ferimentos, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

À Polícia Civil, o motorista disse que estava em um engarrafamento quando o trânsito parou “de repente em cima da linha” e que ele foi surpreendido pelo trem de carga. Ainda de acordo com o relato, ele não teve como sair do local. Um passageiro confirma.

Vídeo: Via Instagram/@jornaldovale_ceres

Ele disse ainda que ficou “preso” entre dois carros e, por isso, não conseguiu sair de cima da linha do trem. No entanto, conforme as imagens gravadas por uma testemunha, havia espaço na via para que o ônibus continuasse adiante. O caso ainda é investigado pela Polícia Civil.

Segundo apuração da TV Globo, o motorista também alegou que o veículo era velho, com mais de 10 anos de uso, e não teve força para arrancar o veículo da linha do trem.

À polícia, ele disse que realizava o trajeto — da W3 Sul para o P Sul, em Ceilândia — a cada 15 dias. Sobre a placa que alerta da passagem do trem, ele disse apenas que ela “sempre ficava lá”. O depoimento foi colhido pela 3ª Delegacia de Polícia, na Cruzeiro.

Por não ter fugido do local e não ter ingerido bebida alcoólica, o motorista não foi preso em flagrante. Ele foi intimado a prestar um novo depoimento na terça-feira (21). Os laudos sobre o acidente saem em um mês, de acordo com a Polícia Civil.

Passageiro confirma

Um dos passageiros que prestou depoimento confirmou as informações dadas pelo motorista. Ele disse que “o sinal fechou e não teve como o ônibus ir para frente ou para trás”.

Segundo o homem — que precisou de atendimento médico, mas já estava em casa na noite desta sexta —, havia um carro atrás do ônibus e um caminhão na frente.

Em depoimento, o passageiro afirmou ainda que, só depois que o ônibus já estava parado em cima da linha férrea, o trem buzinou.

Acidente

O ônibus estava sobre a linha do trem e foi atingido na lateral. Uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas. — Foto: Reprodução/Jornal Nacional

Um motorista que passava pelo local filmou o momento do acidente. Nas imagens é possível ver o ônibus atravessando a linha férrea lentamente e, em seguida, o trem atingindo o veículo.

É possível ouvir o trem emitir sinal sonoro de alerta antes da batida. O cobrador do ônibus e uma passageira foram levados em estado grave para o hospital.

O ônibus é da Viação Marechal e ia da W3 Sul para o P Sul, em Ceilândia. A empresa confirmou que a vítima que morreu era passageira e diz que “lamenta profundamente o acidente e que colabora integralmente com as investigações em andamento”.

O ônibus passou por perícia. O trem da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) carregava bauxita, um tipo de alumínio, em 102 vagões.

A Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), lamentou o acidente e disse que se solidariza aos familiares da vítima.

“Em uma análise prévia realizada com as imagens do acidente, é possível observar que o coletivo avançou a passagem em nível sem atentar para a sinalização do local e para os avisos de emergência emitidos pela composição ferroviária”, diz a ANTT.

A ANTT disse que acionou a concessionária para que sejam apuradas as responsabilidades do acidente, que terá até 30 dias para apresentar o laudo à Agência, apontando as causas do ocorrido. A agência informou também que “realizou inspeção técnica em todas as passagens em nível (PNs) de Brasília em 11 de julho e também promoveu ações educativas no local do acidente para orientar motoristas sobre os cuidados ao cruzar uma passagem em nível”.

Vítimas, segundo o Corpo de Bombeiros do DF

  1. A Senhora N. A. V, de 58 anos, que estava consciente e orientada, apresentando corte profundo do lado direito da cabeça, fraturas no braço esquerdo e clavícula direita. Transportada para o Hospital de Base pela aeronave Resgate 04 do Corpo de Bombeiros.
  2. O senhor J. B. F, idade não informada, estava inconsciente e instável. Foi transportado pelos bombeiros para o Hospital de Base, apresentando traumatismo cranioencefálico grave.
  3. O senhor J. R. C, de 47 anos, transportado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Base consciente e orientado, apresentando escoriações na face e nos braços.
  4. A senhora M. P, de 19 anos, transportada pelo Samu para o Hospital Regional da Ceilândia sem traumas físicos, apenas com crise nervosa.
  5. O senhor P. D. C, de 42 anos, condutor do ônibus, transportado pelo Samu, em estado de choque e em crise nervosa, não apresentava ferimentos.
  6. A senhora J. A. V, de 37 anos, apresentava lesões incompatíveis com a vida e teve seu óbito declarado ainda no local.

O que diz a empresa Marechal?

“Lamentamos profundamente o acidente ocorrido nesta sexta-feira (17) envolvendo um ônibus da nossa empresa e um trem. Nossos assistentes sociais e psicólogos estão comprometidos em acompanhar de perto o caso, assegurando toda a assistência necessária às vítimas e seus familiares.

Informamos que colaboraremos integralmente com as investigações em andamento e aguardaremos o resultado da perícia para esclarecer os detalhes desse trágico incidente. Estamos dedicados a prestar total transparência e apoio neste momento difícil”.

FONTE: G1

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes