quarta-feira, junho 12, 2024
spot_img
HomeEducaçãoEm Goiânia, ministro da Educação anuncia R$ 103 milhões para conclusão de...

Em Goiânia, ministro da Educação anuncia R$ 103 milhões para conclusão de obras paradas

Todos os programas vão receber recursos do Novo PAC e vão beneficiar 77 municípios goianos em 120 obras diferentes

Retomar obras em Goiás numa ação que destravará 120 projetos parados e representa aproximadamente R$ 103 milhões em recursos são as principais ações anunciadas pelo ministro da Educação, Camilo Santana (PT) que esteve em Goiânia na manhã desta terça-feira (05/09) apresentando programas do MEC. O evento ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego).

Ao lado do governador Ronaldo Caiado (União Brasil), Camilo Santana pontuou detalhes do Pacto Nacional pela Retomada de Obras da Educação Básica, o Compromisso Nacional Criança Alfabetizada e o Programa Escola em Tempo Integral são programas do Ministério da Educação (MEC).

Todos os programas vão receber recursos do Novo PAC e vão beneficiar 77 municípios goianos em 120 obras diferentes. “A novidade é que todas essas obras [do Pacto Nacional] estão sendo corrigidas pelos valores do Índice Nacional da Construção Civil, ou seja, obras que estão atrasadas há 4, 5 anos, não interessa o motivo, se é por conta da licitação ou problemas de recursos serão atualizadas a preços atuais”, explicou Camilo Santana em conversa com jornalistas.

Camilo pontuou que há um desafio a longo prazo pela frente, mas que com os programas em execução, os resultados poderão ser vistos. “A educação é um processo e tem que ser contínuo. Não é algo da noite para o dia. É algo continuado, precisa ter foco, meta e avaliação”, salientou.

Ele pontuou as dificuldades impostas a partir dos problemas provocados pela pandemia do coronavírus. “Precisamos recompor dois anos de pandemia que afeta muito a criança. Para se ter uma ideia, há um dado que antes da pandemia cerca de 49% das crianças brasileiras não sabiam ler nem escrever corretamente ao final do segundo ano. Isso aumentou para 61% com a pandemia”, salientou. “Por isso, a necessidade desse grande esforço de fazer essa corrente unindo estados e municípios. É um esforço de se fazer dos três entes federados”.

Camilo alerta que para as prefeituras tenham acesso aos recursos do Pacto pela Retomada de Obras é importante que se adequem às regras do programa até o próximo dia 10 de setembro. Daí, um dos principais objetivos do evento que ocorreu nesta terça-feira.

FONTE: MAIS GOIÁS

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes