quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeEducaçãoEscolas particulares aumentam mensalidade acima da inflação em Goiânia

Escolas particulares aumentam mensalidade acima da inflação em Goiânia

Em Goiânia, a maioria das escolas particulares já avisaram aos pais e alunos sobre os aumentos nas mensalidades previstos para 2024

O fim do ano nem chegou, mas os pais já se preparam para uma “surpresa” não tão agradável: o aumento da mensalidade escolar para 2024. A projeção é que o aumento seja em média, em todo o país, de 9%, de acordo com levantamento feito pelo Melhor Escola, site buscador de escolas no Brasil. Em Goiânia, a expectativa é de aumento de 10%, percentual acima da inflação que é de 3,75%, segundo dados do IBGE, referente ao mês de outubro.

Uma escola localizada no Setor Bela Vista, na região Sul da capital, por exemplo, enviou um comunicado, ainda em outubro, de aumento de 10% para estudantes da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Mãe e pais relatam que a partir dos novos valores, precisam fazer um acordo com a escola para conseguir manter as crianças na instituição. “Tenho dois filhos que estudam. Se pagar o valor integral posto, vou pagar R$ 220 por mês a mais do que pago este ano. Os salários não acompanham esse aumento”, lamenta uma mãe.

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino, Flávio Roberto de Castro, diz que a lei federal 9.870 estabelece as normas para reajustes nas mensalidades. Além disso, determina que as instituições divulgue planilhas com o cálculo que compõem os novos preços.

“Na tabela é preciso constar gastos com pessoal, despesas e impostos. Assim, se estabelece o valor do aumento. Ainda assim, a maioria das instituições faz negociação com os pais, justamente no intuito de manter os alunos matriculados para o próximo ano”, ressalta Flávio Roberto de Castro.

O presidente do Sindicato ainda pontua que todo ano é previsto reajuste para professores e funcionários. Em 2023, o reajuste foi de 7%. Para 2024 ainda há uma negociação em curso, o que também deve ser levado em conta no cálculo.

FONTE: MAIS GOIÁS

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes