domingo, julho 21, 2024
spot_img
HomeÁREA DE COBERTURAGoianésiaPolícia cumpre mandado contra homem condenado por se passar por pai de...

Polícia cumpre mandado contra homem condenado por se passar por pai de santo para enganar idosos ao prometer cura em troca de dinheiro

Homem foi condenado a mais de oito anos de prisão por estelionato e extorsão. Segundo a polícia, o prejuízo estimado é de R$ 60 mil às vítimas.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão definitiva contra José Felipe Machado Barbosa, em Goianésia, no centro de Goiás. O homem foi condenado a oito anos e cinco meses de prisão por estelionato e extorsão após se passar por pai de santo para enganar idosos com a promessa de curas milagrosas em troca de dinheiro. Ele já estava preso de forma preventiva, mas após a condenação, essa prisão se tornou definitiva.

À TV Anhanguera, a defesa de José Felipe disse que não vai comentar o caso.

De acordo com a polícia, sete inquéritos já foram concluídos sobre golpes aplicados pelo homem. Estima-se que, no total, que o falso pai de santo tenha causado um prejuízo de R$ 60 mil às vítimas, que eram preferencialmente idosos.

A decisão pela condenação do crime de estelionato foi do juiz Rafael Machado de Souza, em substituição na 2ª Vara de Goianésia. Durante o julgamento, o juiz analisou comprovantes realizados pelas vítimas, dados cadastrais vinculados ao número de José Felipe e depoimentos colhidos durante a investigação do caso.

A partir disso, o magistrado concluiu que o conjunto de provas eram suficientes para a condenação. “Especialmente porque, nos crimes patrimoniais, a palavra da vítima assume especial relevância, notadamente quanto corroborada por outros elementos de prova”, destacou.

Entenda os golpes

Consta no processo, que José Felipe ofereceu ajuda de um “Pai Zé” para curar a dependência alcoólica do filho de uma vítima. Na ocasião, cobrou R$ 600,00 para expulsar um “espírito obsessor” e, depois, por meio de contato telefônico, induziu a vítima a pagar mais R$ 917.

Depois que a vítima disse que não queria mais continuar com os trabalhos espirituais, José Felipe, fingindo ser “Pai Zé”, passou a ameaçar e extorquir a idosa a pagar mais de R$ 20 mil.

Em outro caso, José Felipe ofereceu um trabalho espiritual para curar um idoso que tinha problemas de saúde. A vítima alega que, depois que o falso pai de santo visitou sua casa, recebeu uma ligação de uma pessoa que se identificava como “Pai Antônio”. Na ligação, esse homem disse ter tido uma visão em que o idoso estaria com a saúde debilitada por ter sido vítima de uma feitiçaria.

Mais vítimas

A polícia não descarta a possibilidade de que existam outras vítimas de José Felipe. Na expectativa de que novos crimes apareçam, a corporação permanece divulgando o nome e fotos do falso pai de santo.

Quem tiver interesse em realizar uma denúncia pode entrar em contato pelo telefone 197.

FONTE: G1

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes