quarta-feira, junho 12, 2024
spot_img
HomeEstuproRialma: Homem é preso suspeito de estupro de adolescente

Rialma: Homem é preso suspeito de estupro de adolescente

Após o ocorrido, a vítima foi para sua residência em estado de choque e contou para a mãe. A mãe de 36 anos, relatou que seu filho é autista e tem dificuldades no comportamento social, na comunicação e na linguagem, sendo sempre medicado.

Na noite deste domingo (16) por volta das 20h13, um homem foi preso, no setor Residencial Norte em Rialma no Vale do São Patrício.

Conforme as informações do registro de ocorrência da Polícia Militar (PM), os militares foram acionados pelo Copom por solicitação do Conselho Tutelar, sobre uma suspeita de estupro envolvendo um menor.

De acordo com o registro, no local a equipe foi informada pela vítima, na presença de sua mãe, que estava jogando bola em um campinho quando foi até a casa da vizinha pedir água, momento em que o suspeito de 27 anos, passou e perguntou a vítima o que estava fazendo. A vítima teria falado que estava jogando bola, durante a breve conversa entre os dois, o suspeito chamou a criança para ir até uma construção ali próximo para lhe mostrar algo. Ao chegarem no local, que fica nas proximidades do Conselho Tutelar de Rialma, o suspeito ofereceu R$ 10,00 (dez reais) para ter relações com o adolescente. Assim, a vítima relatou que se sentiu coagida e não soube o que fazer, vindo a acontecer a conjunção carnal.

Após o ocorrido, a vítima foi para sua residência em estado de choque e contou para a mãe. A mãe de 36 anos, relatou que seu filho é autista e tem dificuldades no comportamento social, na comunicação e na linguagem, sendo sempre medicado.

A PM em busca do suspeito o mesmo foi localizado em um bar, local em que lhe foi dado voz de prisão. O homem foi encaminhado ao hospital local para providenciar o relatório médico em seguida foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos de praxe.

A vítima foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) em Ceres, acompanhada pelo Conselho Tutelar e a mãe para realizar o exame de corpo de delito.

O suspeito preferiu não se pronunciar sobre o fato, permanecendo em silencia, no entanto, ao ser indagado se tinha ciência do fato, informou que sim.

O nome do suspeito não foi divulgado, razão pela qual nossa reportagem não localizou a sua defesa.

FONTE: JORNAL DO VALE

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes