domingo, junho 16, 2024
spot_img
HomeCrimeFamília morta a marretadas em hotel de Uruaçu é sepultada em Iaciara

Família morta a marretadas em hotel de Uruaçu é sepultada em Iaciara

Durante o velório, comerciantes baixaram as portas para homenagear os dois homens e a mulher que foram mortos com marretadas na cabeça desferidas pelo filho e neto de duas das vítimas.

A família morta a marretadas em hotel desativado de Uruaçu, na terça-feira (11) foi sepultada no fim da tarde desta quinta-feira (13), em Iaciara, Nordeste de Goiás. Lourival de Paula, 79; Lourival Júnior, 52, e Marilac Rodrigues, 55, foram mortos a marretadas por Wemerson Pereira Rodrigues, de 28 anos, que era neto, filho e enteado das vítimas, respectivamente. Ele confessou os crimes após a prisão, que ocorreu no mesmo dia.

Comerciantes de Iaciara baixaram as portas quando os corpos chegaram ao município para o enterro. As vítimas foram veladas na Igreja de Santo Antônio, e, no final da tarde, sepultados no cemitério da cidade.

O crime

Lourival Júnior e Marilac se mudaram para Uruaçu para reformar e reabrir um hotel que estava desativado. Os corpos deles foram encontrados dentro do prédio, em dois quartos, com ferimentos na cabeça. A prisão do filho de Júnior, ocorreu horas depois, já em São Luiz do Norte, a 43 quilômetros da cena do crime.

Em depoimento, Wemerson revelou que matou o pai, o avô e a madrasta para roubar R$ 4 mil. O dinheiro, confessou para os PMs, seria usado para comprar cocaína. Antes de praticar o crime, o pedreiro disse ter cheirado uma grande quantidade da droga e consumido ainda remédios de tarja preta.

Pedreiro Wemerson Pereira confessou ter assassinado familiares por dinheiro para consumo de cocaína (Foto: reprodução).

Matou a família e foi beber

Logo após matar os familiares e roubar o dinheiro que estava no carro do pai dele, Wemerson foi para São Luiz do Norte, onde passou várias horas bebendo em uma distribuidora de bebidas. Quando abordado e preso por militares do 14º BPM, ele já tinha gasto R$ 1,4 mil. Autuado em flagrante por triplo homicídio qualificado, o pedreiro poderá, caso seja condenado, passar mais de 40 anos na cadeia.

FONTE: MAIS GOIÁS

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes