quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeBruno PeixotoEleições 2024: viagem à China com Caiado pode alavancar candidatura de Bruno...

Eleições 2024: viagem à China com Caiado pode alavancar candidatura de Bruno Peixoto

Caiado irá a Xangai, na China, em novembro para assinar o acordo com três empresas que começarão a trabalhar em Goiás

O governador Ronaldo Caiado (União) convidou o presidente da Assembleia Legislativa, Bruno Peixoto (União), para integrar a comitiva da missão de Goiás à China. Caiado irá a Xangai, na China, em novembro para assinar o acordo com três empresas que começarão a trabalhar em Goiás. O convite pode alavancar o parlamentar nas pesquisas da corrida eleitoral para a prefeitura de Goiânia, na qual Bruno colocou seu nome à disposição do partido.

Segundo o governador, ao menos três empresas do país asiático confirmaram interesse em se instalar em Goiás. São elas Chint Power, de soluções em energia; YTO Group Corporation, montadora de tratores; e Weichai Group, de motores elétricos, que devem desembarcar nos municípios de Itumbiara e Aparecida de Goiânia.

“As empresas chinesas estão fazendo prospecções no estado também para a fabricação de carros elétricos, em Catalão, e para montagem de uma fábrica de baterias. Então, Goiás deve ser uma grande porta de entrada para ampliação dos negócios entre China e Brasil”, afirmou Caiado durante encontro com o embaixador, no Palácio das Esmeraldas.

Até o momento, Bruno Peixoto é o único pré-candidato da base do governador Ronaldo Caiado (UB) a colocar o nome à disposição. Com isso, sai na frente para se cacifar como possível nome governista para a disputa eleitoral de 2024.

Missão internacional e oportunidades para Goiás

A primeira missão internacional do Governo de Goiás para a China em 2023 aconteceu no dia 8 de junho. Liderada pelo vice-governador Daniel Vilela, a comitiva tem como meta estabelecer novas relações comerciais com o país asiático, assim como expandir as exportações goianas com um dos maiores mercados consumidores do mundo.

Além de representantes do Governo do Estado, a comitiva é composta por pequenos, médios e grandes empresários goianos, incluindo produtores, comerciantes e representantes do setor produtivo. A missão teve duração de 14 dias e deu aos empresários e representantes da gestão estadual a oportunidade de discutir diretamente com o setor privado as demandas de importação e exportação entre os dois países.

No ano passado, a China importou mais de US$ 89,7 bilhões em produtos brasileiros e exportou quase US$ 60,7 bilhões para o mercado nacional, o que a torna o maior parceiro comercial do Brasil. O produto brasileiro mais vendido foi a soja, com 36% do total exportado, seguido pelo minério de ferro, com 20%, e o petróleo, com 18%. 

As relações comerciais entre Goiás e China seguem a tendência nacional. Em 2022, os chineses foram responsáveis por 46,3% de todas as negociações de exportações feitas por Goiás. Segundo levantamento do Centro Empresarial Brasil-China (CEBC), Goiás tem potencial para aumentar em cerca de 50% as exportações para a China nos próximos de 10 anos.

FONTE: JORNAL OPÇÃO

NOTÍCIAS SIMILIARES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

PUBLICIDADE

spot_imgspot_imgspot_img

spot_img

spot_imgspot_imgspot_img

spot_imgspot_imgspot_img

NOTÍCIAS RELEVANTES

Comentários Recentes